terça-feira, 15 de agosto de 2017

Ameaçadas as Independências das nações do mundo

                      Em toda a história da humanidade tem se verificado que todos os impérios chegam a sua ruína e deixam um rastro de destruição em todo o mundo.
          Na atualidade, os meios de dominar os povos se faz pela intimação de existir um único governo, única moeda, cultura, língua, exército, etc, com sinal claro do plano diabólico mundial de escravizar as pessoas, países, negócios, etc.
           Qualquer país que deseja manter sua independência sofre as sanções dos que dominam o mercado mundial...alguns podem vender somente para este ou aquele, possuir isto ou aquilo...e caso não comungue com a cúpula mundial sofre embargos comerciais.
               A ONU (Organização das Nações Unidas) mostra que é uma instituição falida... partindo do princípio do Conselho de Segurança e dos membros participantes. Caso o planeta deva viver neste tipo de democracia...é fato que todos os países deveriam ter direito a voto para as decisões mundiais.
                 A invasão a culturas e a independência de gestão é uma das piores formas de ameaça aos padrões, costumes e estruturas governamentais das nações....os embargos comerciais é uma prática utilizada para imobilizar o crescimento de um país...isto caso decida promover sua independência de forma a não seguir os padrões das cúpulas mundiais, seja na oferta de produtos ou no desenvolvimento tecnológico. E assim, com certeza deverá sofrer sanções comerciais, infiltração de agentes nas organizações e até intervenção militar.
           Cada país tem o direito de aplicar seu método de governar (seja monarquia, parlamentarismo, presidencialismo, comunismo, socialismo, etc) e cabe ao povo decidir a força ou pelo voto, etc, se aceita os termos (mesmo que isto custe a estabilidade de um povo)....nenhuma nação ou cúpula mundial tem o direito de interferir....a invasão e o intrometimento de outros em coisas alheias promove a desordem e a escravidão.....existem países que não pensam no bem estar da humanidade ou de um povo....sustentam sua economia com a venda de armas, guerras, etc...são como gafanhotos que invadem a privacidade de outrem para provocar desordem e depois estendem as mãos com gestos humanitários...isto quando não dizem que é um problema mundial, chamando alguns de eixo do mal, ditadores, etc...quando eles mesmos os são.
          Hipócritas...se infiltram nos governos, principalmente dos mais fracos, para no momento certo lhes propor a solução...e assim derrubam as independências de um a um e implantam o sistema único de aprisionar a humanidade.

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Autoridades Brasileiras promovem a compra e venda de votos

                 O Tribunal Superior Eleitoral incentiva a população a denunciar ao Ministério Público Eleitoral a corrupção eleitoral no diz respeito a compra e venda de votos no Brasil. No entanto nem é necessário o brasileiro tomar esta atitude, até porque, este tipo de corrupção está escancarada no governo federal, nas câmaras federais, estaduais e municipais. 
               A mídia tem colocado diariamente nos meios de comunicação que governos (federal, estadual e municipal) ministros, deputados federais, estaduais e vereadores, promovem a corrupção quando negociam, seja para obter, cargos, secretarias, ministérios, etc, pela maioria de votos que se consegue negociar nas casas legislativas ou nas estruturas executivas.
              Uma afronta para a democracia e a dignidade do cidadão brasileiro. Como pode as autoridades exigir do eleitor a honestidade no momento de votar se a compra e venda do voto se evidencia naquelas pessoas que deveriam primar pelo exemplo da cidadania.
                   No regime democrático, eleição é a forma pelo qual o cidadão escolhe, por meio do voto, seus representantes. No entanto os partidos políticos no Brasil que são grupos organizados de pessoas que compartilham um mesmo ideal político, prezam atualmente, mais os interesse pessoais e partidários do que os interesses coletivos ou seja da população.
                   Ora, quando alguém dá em troca do seu voto uma vantagem profissional, pessoal (seja para si ou outrem) ou partidária, no mínimo está comprando ou vendendo a soberania da democracia brasileira.
                    Enfim, uns fazem de conta que nada está acontecendo e outros fazem de conta que isto faz parte dos modelos mundiais...o que falta é somente dizerem que não existe transgressão a ética moral.
                 

Estatutos e Regulamento eleitoral

Veja na íntegra o Estatuto e Regulamento eleitoral do Sindicato - SINSEJ, Associação servidores públicos do município de Joinville...nos (Arquivos)